Conheça 7 dicas com aplicativos para tornar a rotina de professores mais produtiva

7 aplicativos

Lecionar é uma atividade dinâmica e muito gratificante. Ter a possibilidade de proporcionar aprendizado e com isso aprender também compartilhando experiências, é realmente algo transformador para todos os envolvidos. Ao mesmo tempo essa atividade demanda dos professores uma dedicação enorme. Normalmente a rotina envolve atender muitas turmas, algumas vezes em mais de uma escola, cada turma com um número alto de alunos, esses alunos têm dúvidas, precisam de conteúdos bem planejados, têm processos e tempos de aprendizagem diferentes. Somado a isso, professores precisam estar bem informados, aprendendo constantemente, buscando novas metodologias e conteúdos. Ufa! Cansativo só de ler, não é mesmo?

Por esses motivos e muitos outros, que a rotina dos professores tende a ser muito acelerada e estressante. E para tentar ajudar vocês professores, que listamos 7 dicas com aplicativos para tornar a rotina de professores mais produtiva.

1 – Planejamento de aula

Se você teve uma formação para a licenciatura, você certamente teve algumas disciplinas que envolviam modelos de planos de aula. Cada instituição tem um formato em que o professor deve apresentar os conteúdos e didáticas usados em sala de aula. Caso você não tenha feito uma licenciatura, calma, não é nada muito complicado elaborar um plano de aula. Como mencionamos, você terá na sua instituição um modelo definido de entrega para a coordenação. Mas alguns sites podem ajudar a deixar esse plano mais prático e caprichado. A indicação aqui é o Canva, site muito utilizado para gerar templates de diferentes documentos, por lá você encontra templates de planos de aula. Você pode personalizar à vontade e deixar com todas as informações que sua coordenação exigir.

Com um planejamento de aula fica mais fácil organizar suas aulas e ter um controle de cada etapa do ensino.

2 – Agenda semanal

É importante você ter uma agenda semanal, para organizar cada período de aula, organizar as turmas, os conteúdos, não esquecer dos prazos para testes e provas, e ter tudo isso com facilidade de acesso. Há um tempo isso costumava ser sinônimo de muitos papéis para carregar, agendas, fichários, anotações, post its, e tudo que acabou tornando padrão termos a imagem do professor sempre muito carregado, com mochilas e bolsas muito pesadas. A boa notícia é que a tecnologia tem contribuído para acabarmos com essa imagem e com o excesso de peso nas costas dos professores. O google agenda, por exemplo, permite organizar a semana com seus horários, atividades, fazer marcações coloridas e até anexar seus planos de aula. E você pode acessar tanto no computador da escola, como no seu celular, basta ter uma conta no gmail.

Caso você tenha muitas turmas, com muitos trabalhos e projetos, outra opção é o Trello. Ele tem funcionalidades muito semelhantes ao google agenda, mas com a possibilidade de criar cartões, permitindo organizar seus cartões por escolas, por turmas ou como você achar melhor.

3 – Praticidade e dados para avaliar alunos

Com muitos alunos fica difícil lembrar de todos, memorizar nomes, ter uma visão mais clara de cada peculiaridade, comportamento e o que pode melhorar o aprendizado de cada um. Um aplicativo que pode ajudar com essa tarefa é o Teacherkit. Nele é possível criar seu usuário como professor, adicionar as turmas, alunos que compõe a turma e fazer observações sobre eles. Desde um controle de frequências até anotações de comportamentos em sala de aula. O aplicativo possui um dashboard que demonstra de forma bem ilustrativa vários dados relevantes para o professor avaliar os alunos e a turma.

4 – Mapas mentais

Sabemos que o processo ensino-aprendizagem está cada vez mais dinâmico, e criatividade em sala de aula hoje em dia é fundamental. Um recurso didático que facilita muito esse processo e que possibilita uma explicação mais dinâmica, são os mapas mentais. No entanto, elaborar um mapa mental pode ser bastante trabalhoso e exigir um tempo que muitas vezes o professor não dispõe. Para isso, a nossa quarta dica de aplicativo é o GoConqr, nele você pode pesquisar o assunto da aula que você está planejando e encontrar diversos materiais, como mapas mentais, dinâmicas, questionários e muito mais. Caso você queira montar seu próprio mapa mental, você pode utilizar também o Mindomo, que possibilita criar à vontade de uma maneira bem simples.

5 – Uma forma prática de se manter atualizado

Como mencionamos no início desse post, uma das tarefas mais difíceis para os professores atualmente, é se manter atualizado. No dia a dia, em meio a tantas tarefas, acaba não sobrando muito tempo para buscar se atualizar. Uma boa opção para se atualizar é o aplicativo TED, ele reúne diversas palestras sobre os mais variados assuntos. 

6 Udemy

Outra maneira de buscar novos conhecimentos é a plataforma Udemy. Ela conta com cursos, gratuitos e pagos, a grande maioria com certificado de conclusão. Você pode entender melhor como a plataforma funciona, fazendo a leitura do nosso post Comexlabs Dicas: Descubra como ampliar seus conhecimentos com a Udemy.

Certamente, você encontrará por lá muitos cursos que podem agregar para seu conhecimento, prática em sala de aula, e desenvolvimento pessoal.

E com esses aplicativos no celular você pode otimizar aquele tempo na fila do banco, o intervalo da escola, ou o trajeto entre uma escola e outra, sem precisar carregar muitos livros, folhas, nem se deslocar até um curso presencial para se manter atualizado.

7 – Uma sala de aula virtual com o Google Classroom

O google conta com um conjunto de ferramentas voltadas para a educação, que vale a pena conferir. Você pode acessar o Google for education e descobrir como essas ferramentas podem ajudar no seu trabalho e estudos. A ferramenta do google que indicaremos hoje aqui, é o Google Classroom. Funciona como uma sala de aula virtual, onde o professor pode adicionar alunos, organizar e elaborar tarefas, avisos, organizar notas, e ter contato direto com os alunos de forma bem simples e acessível a todos que tenham uma conta gmail.

A tecnologia está cada dia mais inserida na vida de todos nós, a sala de aula vem recebendo essa influência também, e precisamos nos abrir para essas inovações. Os computadores, celulares e dispositivos que antes eram proibidos em sala de aula, por desviarem o foco dos alunos do material estudado, hoje ajuda a complementar esses materiais, hoje é um recurso didático fundamental, inclusive auxilia alunos e professores, a aprender mais e melhor.

Gostou da dica? Nos acompanhe para mais dicas como essa no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *