O que são Sistemas Embarcados?

Se há cerca de 25 anos experimentamos as incertezas da inclusão dos computadores em nosso cotidiano, hoje, já adequados à essa realidade, percebemos que não é tão difícil adaptarmos a determinadas mudanças tecnológicas, e a maioria pode auxiliar o nosso cotidiano.

Exemplo disso é o uso de sistemas embarcados, jargão muito utilizado no mundo digital e novas tecnologias, mas ainda novo para quem não  atua de forma tão direta na área. E esse será o tema das do nosso artigo.

Afinal, o que é sistema embarcado?

Sistemas embarcados  são como computadores, mas desempenham um número reduzido e mais específico de funções. Em sua grande maioria são baratos, bastante acessíveis, ocupam espaço reduzido, além de precisarem de um menor consumo de energia para operação.

Embora cada vez mais popular, esses sistemas não são uma novidade. Desde meados das décadas de 60 e 70 o uso desses sistemas já era usual  e uma de suas primeiras aplicações conhecidas ocorreu na viagem do homem à Lua – o Apollo Guidance Computer (AGC).

Quais  principais componentes dos sistemas embarcados

Em sua grande maioria, os sistemas embarcados são compostos por um sistema organizado, dividido em subfunções. Conheça algumas delas:

  • Microcontrolador: recebe as entradas, ou seja, os comandos, e os transforma em uma saída, retornando com uma resposta anteriormente configurada para o estímulo captado;
  • Interface com o usuário: display, luzes e outros emissores de sinais e informações que comunica aos usuários sobre o funcionamento do sistema embarcado;
  • Sensores: dispositivos também utilizados para captar informações do ambiente,convertidas em informações para o usuário (através dos displays) ou desencadear uma resposta ou ação do sistema embarcado através da realização de uma determinada tarefa;
  • Comunicação: meios para se comunicar com outros sistemas (ethernet, WiFi, Bluetooth, etc.)

Exemplos de aplicações do sistema embarcado

O sistema embarcado é utilizado na urna eletrônica, impressoras, veículos, roteadores, calculadoras, e a indústria é uma das áreas  que mais se beneficiam com seu uso.

Suas aplicações podem envolver controlar a energia, monitor da qualidade, controlar os inversores, monitorar bombas de petróleo, gás e turbinas eólicas.Na área de maquinário e controle industrial pode ser usado na área de robótica industrial e na monitoria de condição da máquina.

Embora muitas vezes não seja percebido, o uso do sistema embarcado é feito de maneira cada vez mais habitual em nosso cotidiano e facilita as atividades industriais, poupando tempo e possibilitando mais controle produtivo.

A maioria dos sistemas são de fácil desenvolvimento e baixo custo, o que contribui positivamente para seu uso e adequação à realidade das empresas.

Acompanhe nosso blog e receba conhecimento valioso para melhorar os processos do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *