Armazenamento de dados: quais as melhores práticas?

Armazenamento de dados

Tendo em vista a importância para todos os processos da organização, armazenamento de dados é um assunto que deve estar na pauta de todo e qualquer tipo de empreendimento.

Praticamente, todos os processos da empresa são dependentes de informações para serem desenvolvidos. Por conta disso, a gestão de dados tem importância fundamental para  a tomada de decisão.

Tê-los de forma precisa e no momento certo não é mais uma opção para otimizar as rotinas: isso se  tornou uma necessidade. E por conta disso, esse aspecto deve ser levado em consideração quando se realiza o planejamento estratégico do negócio.

Armazenamento de dados: entenda o conceito

Entende-se por armazenamento de dados a guarda do grupo de informações consideradas relevantes, gravados com segurança e que possibilitam eficiência na pesquisa, o desenvolvimento das atividades da organização, acessos de forma controlada, dentre outros. Está intimamente relacionado não apenas à maneira como as informações estarão salvas, mas também como e por quem elas poderão ser resgatadas.

A importância do armazenamento de dados para empresas e indústrias

A tomada de decisão de uma organização é essencial para a companhia, já que direciona os rumos que serão seguidos e impacta diretamente no futuro e continuidade da empresa. Essa ação não é realizada de maneira aleatória, mas fundamentada em informações. Por isso, cada vez mais o assunto de gestão de dados cresce em relevância e deve ser continuamente repensada.

Do gestor ao chão de fábrica, todos em algum grau precisam de informações para decidir qual a melhor maneira de desempenhar suas funções e, dependendo da maneira como é organizada, pode ser tornar uma protagonista ou antagonista. Por conta disso, adotar formas adequadas de armazenar dados garante que eles estejam disponíveis e possam ser resgatados quando necessário.

Os principais tipos de armazenamento de dados

Os hardwares utilizados em armazenamento de dados atualmente são divididos em três grupos: DAS, NAS e SAN. Essa definição pode ser utilizada para classificar todo e qualquer tipo de sistema que possa ser usado para guardar informações, como por exemplo pen drives, discos rígidos de notebooks, cartões de memórias ou mesmo servidores mais robustos compostos por vários hards disks.

DAS

Também conhecidos como Direct Attached Storage, são equipamentos que necessitam estar ligados de maneira direta a um servidor ou computador para que possam ser usados. Facilitam o gerenciamento e a organização de dados, pois atuam centralizando as informações e sua aplicação dá-se na estrutura cliente-servidor.

Cartões de memória e HDs externos são exemplos simples de equipamentos DAS. Porém, grandes indústrias também fazem uso desse tipo de tecnologia para armazenar dados através de equipamentos com performance muito mais desenvolvidas e otimizados com recursos que evitam falhas e com estruturas mais complexas, como as que garantem o acesso a vários servidores simultâneos.

NAS

Sigla para Network Attached Storages, dispositivos desse tipo podem ser utilizados mesmo desconectados de servidores ou computadores, já que possuem sistema operacional próprio. Permitem maior segurança contra acessos indevidos, já que a maioria tem disponível possibilidade de liberação de acesso mediante autenticação por login e senha.

Alguns dos equipamentos que utilizam esse tipo de tecnologia permitem manutenção sem precisar que os serviços sejam interrompidos, possibilitam autonomia na alimentação a interligação de várias unidades.

SAN

O Storage Area Network consiste em um tipo de infraestrutura de rede que age interligando diferentes unidades de armazenamento e servidores, contribuindo para que os dados trafeguem com melhor performance e com mais segurança.

Em SAN os recursos de armazenamento são unificados através do desenvolvimento do que pode ser entendido por um tipo de rede local exclusiva, que atua de forma autônoma e de desempenho elevado, e que está fora das requisições realizadas por usuários feitas por acesso direto.

ssas três maneiras de classificação, no mercado existe uma variedade muito grande de dispositivos que podem ser utilizados para promover uma maior segurança na informação do seu negócio.

É fundamental que antes de se optar por um tipo específico de equipamento ou tecnologia, se tenha bem definido a quantidade de informações que deverão ser armazenadas, como o fluxo de dados ocorrerá e quais as melhores práticas que deverão ser adotadas quanto ao acesso a esses dados.

Acompanhe nosso blog e fique atualizado sobre as melhores práticas para o desenvolvimento do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *